segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Degustação - A Escolhida - Amanda Ághata Costa


"Sou o nada e o tudo, um meio termo. O amor não me petrifica, o perdão não é acumulado em minha carne e as emoções não invadem meu coração. Sou a própria rocha." Pág. 13

Eu não poderia iniciar esse post se não fosse com essa parte do livro, Estou participando de um projeto proposto pela autora Amanda Ághata, onde as primeiras 20 páginas foram enviadas a mim e vou deixar para vocês minha opinião sincera sobre o livro!

Ari sempre se mostrou uma garota impenetrável, diferente de todos, com a imensa vontade de ficar sozinha, dispersa da multidão! Ela fora abandonada pelos pais durante a infância, sem ao menos entender bem o que era... Uma garota loira de aparência totalmente doce, que conseguia apenas ter sede de matar! 
Ari é descendente de anjos, que por algum motivo foi deixada na Terra. Deveria ser uma garota pura e cheia de bondade, porém vivia em uma batalha entre o bem e o mal, onde o mal sempre vencia, fazendo com que suas asas diminuíssem a cada maldade e assassinato cometido! Seu prazer era tirar a vida de pessoas, usando sua beleza para hipnotizá-las e assim fazê-los de sua presa.

Essas 20 páginas me fez ter sede de ler o livro inteiro na mesma intensidade que Ari tem de sangue (o que não é pooouco! haha). Confesso que fiquei assustada com a total frieza de Ari e achei Lina uma mulher muito bondosa ao acolhê-la depois de ser abandonada pelos pais quando criança e ser tratada como um aberração. Fiquei mega curiosa em saber a real intenção dos feiticeiros Luke e Egran D: o que será que eles estão querendo com essa garota que é meio anjo meio demônio?! Com certeza coisa boa não vai ser. Antes eu não tinha muito o hábito em ler livros fantasia, mas venho lendo cada livro bom que fantasia está sendo minha nova paixão, gente sou apaixonada com histórias de anjos, demônios, feiticeiros, bruxas, vampiros etc... Esse mundo mágico vem me prendendo e cativando tanto que quando eu começo a ler um, já fico encantada com esse mundo mágico cheio de mistérios!
Preciso urgentemente terminar de ler A Escolhida! Apenas a capa já consegue me prender, tão liiinda, aquela tal frase "não julgue o livro pela capa" mas com uma capa dessas é impossível não ter uma impressão diferente da que tive: ESSE LIVRO É MAGNÍFICO E SURPREENDENTE, e olha que li apenas as primeiras 20 páginas, imagina quando eu ler o restante então? haha irei fazer a resenha com prazer para vocês!


Postar um comentário